Bosch car

Bosch car

quarta-feira, 19 de novembro de 2014

Senado aprova exigência de qualificação para professores da educação básica


  


Professores da educação básica terão que comprovar sua qualificação para exercer o cargo. O Plenário do Senado aprovou nesta terça-feira (18) o Projeto de Lei do Senado 185/2012, que altera a Lei de Diretrizes e Bases da Educação (Lei 9.394/1996) para assegurar expressamente que os professores em exercício ou contratados para atuar no ensino básico comprovem qualificação.

A proposta, de autoria de Adriele Souza, representante da Bahia na edição 2011 do Programa Jovem Senador, foi apresentada pela Comissão de Direitos Humanos e Legislação Participativa (CDH). Na justificativa do projeto, a jovem argumentou que a presença de professores com formação adequada constitui “elemento crucial” para a qualificação do processo de ensino e aprendizagem nas escolas públicas de educação básica.
De acordo com o projeto a qualificação a ser comprovada pelos professores deve seguir o que determina o artigo 62 da LDB, que exige, para professores da educação básica, curso de licenciatura, de graduação plena, em universidades e institutos superiores de educação. O projeto estabelece ainda que o Estado deve oferecer aos professores a qualificação exigida.
Em parecer favorável à matéria, o relator na Comissão de Educação, Cultura e Esporte (CE), senador Antonio Carlos Valadares (PSB-SE), "a medida pode propiciar uma nova percepção do papel dos próprios professores e do Estado na educação".
A votação foi acompanhada pelos participantes da edição do Projeto Jovem Senado deste ano, que ocuparam a tribuna de honra do Plenário a convite do presidente da Casa, Renan Calheiros. Agora, a matéria segue para a Câmara dos Deputados.

Agência Senado (Reprodução autorizada mediante citação da Agência Senado
)

quarta-feira, 12 de novembro de 2014

Justiça suspende o EDITAL de CONVOCAÇÃO que tratava da nova ELEIÇÃO da Câmara Municipal de Tutóia nesta quarta-feira 12/11/2014.

               Juíz Dr. Rodrigo Terças

                        Fórum de Tutóia-Ma                   

Veja a decisão!




Fonte: Blog do Antonio Amaral

segunda-feira, 10 de novembro de 2014

Quem estiver em condições de ajudar não pense duas vezes ajude

Meus irmãos, minha irmãs o, objetivo destas poucas palavras é simplesmente para solicitar a todos vocês, uma ajuda financeira, pois eu Roselena Sousa da Rocha, Mãe de Fernando Rocha dos Santos de 5 mês de idade. 

O pequeno Fernando, vai ser submetido a fazer uma cirurgia de urgência na cabeça, se essa cirurgia não for feita o mais rápido possível, os médicos afirmaram que Ele vai morrer, por isso preço a solidariedade de vocês para O pequeno Fernando poder fazer a cirurgia que custa 15 mil reais, porém  nem seu pai, e nem sua mãe possuem condições de mandar fazer.

Desde já agradecemos a ajuda de todos.

Que Deus os recompense!

Povoado Riacho do Meio do Cezarino Paulino Neves

Ligue para este contado e fale com o Sr. Alexandro.

: 98-87527149 operadora Oi

Roselena Sousa da Rocha

Água de berinjela e limão para perder peso


Muitos chamam essa receita de “água milagrosa”, ela é realmente simples e nos ajuda não apenas a perder alguns quilos como também a obter um pouco mais de energia em nosso dia a dia. Todos conhecem os grandes benefícios da berinjela para a saúde, mas, quantos de nós sabemos que combinada com limão tem seus efeitos potencializados ainda mais? Explicaremos a seguir!


Por que a berinjela é boa para emagrecer e de quais benefícios dispõe?

Agua-de-berinjela-para-emagrecer
Muitos são os benefícios, sem dúvida. Consumir berinjela de maneira frequente nos ajudará não apenas a controlar nosso peso como também nos oferecerá uma boa quantidade de nutrientes, minerais, fibras e vitaminas. Vejamos:
  • Nos ajudará a melhorar a circulação, principalmente por seu alto teor de vitamina E, um grande antioxidante como a antocianina, que previne muitas doenças cardíacas e favorece o fluxo sanguíneo, o que é excelente!
  • É uma grande diurética.
  • Contém poucas calorias, entretanto é muito rica em água, por isso é sempre uma peça essencial em toda dieta.
  • Dispõe de um alto teor de potássio e sódio, excelentes para os sistemas nervoso e cardiovascular.
  • Nos ajuda a limpar o organismo, diminuindo os níveis de açúcar no sangue, por isso é muito indicada para diabéticos.
  • Nos ajuda a diminuir os níveis de colesterol, pois absorve as gorduras dos alimentos que comemos em conjunto com ela. Também elimina toxinas do organismo e regula o trânsito intestinal. Sem dúvida, propriedades maravilhosas!
  • Dispõe de um alto teor de fibras, o que previne a prisão de ventre.
  • Outra informação importante é que estimula a bile e protege o fígado.
  • É rica em magnésio e ferro, que a transformam no ingrediente perfeito para prevenir a anemia, aumentar e melhorar o sistema imunológico bem como o funcionamento cardíaco e muscular.

Como fazer uso da berinjela com limão para perder peso?

agua-de-berinjela
A forma mais sensível de emagrecer pouco a pouco por meio do uso de berinjela com limão é tomando sua água. É de preparo muito fácil, basta anotar e seguir o passo a passo:

1. Do que precisaremos?


  • Uma berinjela média. Se for de cultivo orgânico, melhor, pois saberemos que é mais natural e dispõe de menos pesticidas.
  • Um limão, também de tamanho médio, não precisa ser exclusivamente maduro.
  • Uma jarra para armazenamento da solução final.

2. Como preparar?

  • Primeiro, limpe bem a berinjela. Para isso, lave-a com um pouco de vinagre de maçã ou, se não tiver, um pouquinho de bicarbonato de sódio. Assim eliminaremos todo tipo de tóxicos e possíveis restos de pesticidas da berinjela. Por ultimo, lave-a bem com água.
  • Depois, corte a berinjela em laminas com mais ou menos um centímetro e meio de espessura (com a pele).
  • O passo seguinte será adicionar as fatias de berinjela na jarra,colocando uma lâmina pós outra para depois adicionar o litro de água.
  • Agora tire o suco do limão. Uma vez pronto adicione à jarra. Mexa tudo muito bem com uma colher longa e coloque na geladeira.
  • Deixe passar uma noite na geladeira, assim a berinjela soltará seu suco com todos os seus nutrientes. Suas propriedades também serão potencializadas graças à presença de limão na receita, que também lhe dotará um sabor muito mais agradável.

3. Como devemos tomar a água de berinjela com limão para perder peso?

perder-peso
Essa receita deve ser tomada durante todo o dia. Daremos agora um simples exemplo de um dia de dieta incluindo a receita. Servirá como base para a sua rotina:
  • Café da manhã: um copo de água de berinjela com limão, uma xícara de aveia e uma maçã.
  • Almoço: um copo de água de berinjela com limão antes de comer. Uma salada com espinafre, nozes, queijo sem gordura e pedacinhos de abacaxi. Um peito de frango ao forno com um pouquinho de limão.
  • Lanche da tarde: um copo de água de berinjela com limão.
  • Jantar: um copo de água de berinjela com limão antes do jantar. Para o jantar, alcachofras fervidas com um fio de azeite de oliva e vinagre. Uma salada de alface-da-terra (canônigos), alface picadinha, tomate cherry, mamão papaia, nozes com azeite de oliva e um pouquinho de suco de limão.
Como é possível notar, com esse exemplo simples mostramos como tomar a água de berinjela com limão. Se tomada antes das refeições, atuará não apenas conferindo uma sensação de saciedade como também, ao chegar antes no estômago, ajudará a digerir melhor as gorduras, eliminá-las e nos permitirá fazer uma digestão melhor e limpar o organismo.
Também não se esqueça que as dietas milagrosas não existem, afinal, é preciso que cada dieta seja acompanhada de vontade e esforço. Por isso aconselhamos também a prática de exercícios físicos pelo menos uma hora por dia. Você pode optar por andar de bicicleta, caminhar ou simplesmente se exercitar em casa. Valerá a pena!

Fonte: Melhor Saúde: http://melhorcomsaude.com/agua-de-berinjela-e-limao-para-perder-peso-2/

quinta-feira, 6 de novembro de 2014

CCJ aprova multa para quem jogar lixo em via pública


Marilia Coêlho | 05/11/2014, 11h08 - ATUALIZADO EM 05/11/2014, 14h42  


A Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) aprovou, nesta quarta-feira (5), projeto de lei que obriga municípios e o Distrito Federal a aplicarem multas a quem descarta lixo nas vias públicas. A proposta, de autoria do senador Pedro Taques (PDT-MT), recebeu parecer favorável do relator, senador Randolfe Rodrigues (PSOL-AP).
Projeto de Lei do Senado (PLS) 523/2013 acrescenta à Política Nacional de Resíduos Sólidos (Lei 12.305/2010) a proibição de descarte irregular de resíduos ou rejeitos em vias públicas. Além disso, a proposta exige que os municípios e o DF regulamentem a forma correta do descarte e estabeleçam multas para quem descumprir a regra. O projeto dá o prazo de dois anos para que o DF e os municípios regulamentem a nova lei.
Para o autor, atualmente as pessoas têm dificuldade em saber como descartar e tratar adequadamente o lixo. No entanto, para Taques, o problema apenas será resolvido com investimento em educação, tecnologia e gestão eficiente.
“O projeto propõe uma singela, mas importante contribuição à proteção do meio ambiente urbano”, argumentou.
O relator, Randolfe Rodrigues, votou a favor do projeto, mas sem analisar o mérito, apenas a constitucionalidade, a técnica legislativa e a juridicidade. O mérito da matéria deve ser analisado pela Comissão de Meio Ambiente (CMA), que votará o projeto de forma terminativa.
Agência Senado (Reprodução autorizada mediante citação da Agência Senado)

AGÊNCIA DOS CORREIOS DE ÁGUA DOCE DO MARANHÃO É ASSALTADA NOVAMENTE



Via blog Água Doce do Maranhão 

 
                   Esta é a quinta vez somente este ano que a Agência dos Correios em Água Doce do Maranhão é assaltada. O assalto ocorreu hoje (05/11)  por volta das 08:00 horas.
 
                   De acordo com informações dois elementos com capacetes entraram na agência portando arma de fogo, pediram para todos ficarem quietos que queriam apenas o dinheiro do caixa do correios. Algumas pessoas que estavam na agência assim que foi anunciado o assalto começaram a correr e foram feitos alguns disparos para o alto pelos bandidos.
 
                    Até agora não se sabe a quantidade de dinheiro que teria sido levada, mais acredita-se que tenha sido um valor alto, pois a agência foi abastecida (R$) na tarde de ontem (04/11).
 
                    Não há pistas dos supeitos. Como aconteceu nas outras 4 vezes. Ninguem sabe! Ninguem Viu!
 
                    Hoje durante todo o dia varios perfis do FACEBOOK de moradores de Água Doce - MA se faziam a mesma pergunta:
 
"E as autoridades? Ah, as autoridades... de quem é a culpa mesmo?"
 
" Mas se é rotina esse acontecimento, por que o absurdo?"
 
" Onde estava a Polícia nesse momento?
 
 

Decisão monocrática pode mandar autos para primeiro grau, define STF

RECURSOS PROTELATÓRIOS



Ministros do Supremo Tribunal Federal têm poder para, no caso de entenderem que um recurso é meramente protelatório, determinar monocraticamente a baixa dos autos à primeira instância para cumprimento imediato da sentença. Foi o que decidiu o Plenário do Supremo Tribunal Federal nesta quarta-feira (5/11), ao confirmar decisões do ministro Dias Toffoli que negaram seguimento a pedidos do ex-senador Luiz Estêvão para sobrestar o andamento de processos penais em que foi condenado. A decisão foi unânime.
O ex-senador (foto) chegou ao Supremo com três recursos extraordinários contra o mesmo acórdão da 3ª Seção do Superior Tribunal de Justiça. Pedia, principalmente, para que o STF sobrestasse o andamento de seu caso até que ficasse definida a questão sobre os poderes investigatórios do Ministério Público. Também alegava que o STJ não analisou todos os fundamentos de seu pedido em um agravo e que sua pena já estava prescrita.

Toffoli negou os pedidos no fim de setembro. Ele afirmou que o caso da investigação pelo MP, além de já ter posicionamento favorável firmado na 2ª Turma, já tem sete votos a favor em uma discussão no Pleno. E além disso, o caso não teria reflexos diretos no processo de Luiz Estêvão.
O ministro também afirmou que a decisão do STJ de que o ex-senador reclama se baseou no Código Penal e no Código de Processo Penal. As supostas ofensas à Constituição Federal, portanto, seriam reflexas, o que afasta a competência do Supremo.
Luiz Estêvão recorreu das decisões monocráticas de Toffoli. Afirmou, em agravo, que lhe foi negada prestação jurisdicional, pois o ministro não atacou todos os seus pedidos. Também disse que foram violados os princípios da colegialidade e do juiz natural. O recurso foi levado à 1ª Turma, que decidiu não julgá-lo e afetar a questão de ordem ao Plenário.
Entendimento reiterado
No voto do ministro Toffoli levado ao Pleno, ele afirma que sua decisão monocrática não inovou em nada. Citou alguns precedentes do Supremo, tanto do Plenário quanto das turmas, em que o relator determina a baixa dos autos, seja por causa do caráter protelatório do pedido seja por causa da proximidade da prescrição.

“Longe de constituir afronta aos princípios da colegialidade e do devido processo legal, é legítima a atuação do relator para decidir monocraticamente a questão — dado o abuso do direito de recorrer e o risco iminente da prescrição —, tendo em vista uma interpretação teleológica do artigo 21, parágrafo 1º, do Regimento Interno da Corte”, votou Toffoli. O dispositivo do regimento autoriza o relator a negar seguimento a um pedido se ele for “manifestamente inadmissível, improcedente ou contrário à jurisprudência dominante do STF”.
O Supremo discutiu nesta quarta duas questões de ordem a respeito do caso de Luiz Estêvão. A primeira discutia o mérito do pedido negado. A segunda, reclamava do fato de o ministro Toffoli ter negado provimento aos demais recursos com base em sua primeira decisão. Toffoli argumentou, nos dois outros recursos, que se tratava de pedido baseado na mesma decisão, com o mesmo teor, por isso negou seguimento.
“O agrupamento de todas essas circunstâncias, a meu sentir, somente reforça a conclusão de que a intenção do ora requerente não seria outra senão a de alcançar a prescrição da pretensão punitiva que se efetivaria aos 2/10/14, caso não tivesse sido negado seguimento aos extraordinários com a determinação de baixa dos autos independentemente da publicação das decisões”, escreveu o ministro em seu voto.
RE 839.163
Clique aqui para ler o voto do ministro Dias Toffoli na primeira questão de ordem e aqui para ler o voto na segunda.